OFICINA

CONTAR HISTÓRIAS: VANGUARDA DA MEMÓRIA

 

Em tempos em que a escuta vale ouro, a oficina oferece instrumentos técnicos e sensíveis que visam aguçar e exercitar a percepção sobre a oralidade.

 

Serão investigados temas como:

  • escuta aberta e profunda;

  • presença no encontro com o outro;

  • memória afetiva e sinestesia como chaves para a ancestralidade;

  • apropriação como processo entre receber uma história e devolvê-la ao mundo;

  • visualização interna que potencializa a construção de imagens pela palavra;

  • a procura pelos estados, sabores, cores e dinâmicas que a narrativa sugere;

  • o estímulo à criação/”fantasiação”, como ponto pessoal bem vindo à experiência.

 

Em breve, por aqui, a versão on line.